From the album FROM BRASIL

In cart Not available Out of stock

Song: "VILA MADALENA"

Authors: Fernanda Froes Pruett, Arthur Maia, Luis Paulo Serafim, André Madi

Duration: 04'02"

Musicians:
Fernanda Froes Pruett – vocals and backing vocals
André Madi – vocals and backing vocals
Arthur Maia – bass and additional arrangements
Bocato – trombone and horn-section arrangements
Edu Tedeschi – guitars
Eduardo Filipovich – loop and original arrangement
Felipe Roseno – percussion: congas, ganzá, pandeiro, tamborim and surdo
Gustavo Filipovich – drums and arrangements
Hombre – trumpet
Marcio Negri – saxophone
Pepe Cisneros – rhodes piano

Produced by:
Fernanda Froes Pruett and Gustavo Filipovich (São Paulo, SP, Brazil)

Recorded by:
Edu Cayres and Alexandre Lorenzetti – Estúdio Cayres (São Paulo, SP, Brazil)
Luis Paulo Serafim, Hélio Leite and Ariel Henrique – Estúdios MEGA (São Paulo, SP, Brazil)

Mixed by:
Luis Paulo Serafim – Estúdios MEGA (São Paulo, SP, Brazil)

Mastered by:
Chris Gehringer – Sterling Sound Studios (New York, NY, USA)

ISRC: BR-M99-07-00008


Lyrics

"VILA MADALENA" (Fernanda Froes Pruett, Arthur Maia, Luis Paulo Serafim & André Madi)

Meu amor, tô na Vila Madalena
Se você quiser, já pode vir pra cá
Na certeza de que vai valer a pena
O que mais eu quero agora é te abraçar

As ruas se transformam num poema
Harmonia, Girassol pra te esperar
Com a Lua iluminando Madalena
E a vontade de me ver no teu olhar

Tem gente do mundo inteiro
Não é carnaval, nem fevereiro
E a Madalena que não pára de dançar

Vem gente do mundo inteiro
Não é carnaval, nem fevereiro
E a Madalena que não pára de sambar

Vila Madalena
Foi bom te encontrar
Refazer nosso caminho
Nossa história de amar

Vila Madalena
Aquele verão
Vai ficar pra sempre
Dentro do meu coração

‘Round the town, feel the taste of our passion
Feel allright when I look into your eyes
Spread our love everywhere around the nation
And no matter what, we’re gonna be just fine

Tem gente do mundo inteiro
Não é carnaval, nem fevereiro
E a Madalena que não pára de dançar

Vem gente do mundo inteiro
Não é carnaval, nem fevereiro
E a Madalena que não pára de sambar

Vila Madalena
Foi bom te encontrar
Refazer nosso caminho
Nossa história de amar

Vila Madalena
Aquele verão
Vai ficar pra sempre
Dentro do meu coração